FECHAR
Popup
 
 
POPUP
AJUDE ESTA OBRA

“O que somos? Amor! O que fazemos? Acolhimento!”



O carisma da Comunidade Bethânia e toda inspiração de trabalho parte do princípio de que é preciso “acolher cada um como o próprio Cristo”. Sendo assim, Bethânia é uma comunidade de vida e acolhimento e toda espiritualidade perpassa o âmbito do amor e da misericórdia de Deus.

A Comunidade Bethânia NÃO é uma clínica de recuperação de dependentes químicos e soropositivos. Mas sim, uma entidade que nasceu para ser especialista em acolhimento. Por isso, o foco não é recuperar, mas sim acolher.
Para Bethânia, o significado de acolher é hospedar, agasalhar, abrigar, amparar, dar atenção e refúgio, receber bem, atender prontamente e dar créditos a alguém, admitir e tomar em consideração.
Padre Leo deixou escrito que “a recuperação que almejamos é fruto do acolhimento que praticamos”. E é essa a essência do carisma da Comunidade Bethânia.

  • 1
    Condições para o acolhimento
    Condições para o acolhimento

    Uma das condições para o acolhimento em Bethânia é o sincero e livre desejo de ser acolhido, além de assumir os valores e modo de vida comunitária. A comunidade é de caráter religioso e vive da fé católica. E, na comunhão com toda a Igreja realiza a missão.

     
  • 2
    Projeto pedagógico dividido em etapas
    Projeto pedagógico dividido em etapas

    O trabalho realizado pela Comunidade Bethânia com os filhos e filhas segue um projeto pedagógico de acolhimento e restauração. Este é dividido por etapas sendo elas: acolhimento, restauração e reinserção social.

     
  • 3
    Acolhimento
    Acolhimento

    Este processo é onde a Comunidade se aproxima do acolhido e o reconhece não como um ser diferente, mas como o “esperado”. Aquele que chega é um grande presente, independente de sua condição física, psíquica ou social.

    É neste momento que se criam vínculos entre o acolhido, responsáveis e familiares com a Comunidade para que um conheça o outro e, assim possa praticar o acolhimento, fazendo com que se sinta acolhido se sinta seguro, protegido, amado, respeitado e cuidado.

     
  • 4
    Restauração
    Restauração

    Na etapa de restauração é oferecido um espaço de acolhimento e significação das questões que os acolhidos julgam importantes no processo de restauração. Assim, se viabilizam processos de cura interior e se constroem estratégias de enfrentamento às dificuldades e sofrimentos.

    Esta etapa tem caráter terapêutico e acontece por meio de encontros semanais.

     
  • 5
    Reinserção social
    Reinserção social

    Nesta terceira etapa do projeto pedagógico são construídas possibilidades de reinserção social por meio de diálogos com o acolhido, famílias e instituições da rede socioassistencial. Com caráter dinâmico é discutido temas da realidade e dos desafios que serão encontrados pelos acolhidos que planejam o pós-acolhimento.

    Mais informações por e-mail: preacolhimento@bethania.com.br
    Pré-Acolhimento: Quintas-feiras das 14h às 17h, em todos os recantos da Comunidade Bethânia.

     
  •  

Perguntas Frequentes

  • O que é acolhimento?

    Período de até 11 meses em que pessoas que apresentam quadro de uso nocivo e/ou dependência de substâncias psicoativas permanecem na comunidade. Este período tem como objetivo a restauração, por meio de diversas estratégias que contemplam: convivência, desenvolvimento da espiritualidade, lazer, promoção do autocuidado e da sociabilidade, capacitação e promoção de aprendizagens, entre outras.

     
  • Quem pode ser acolhido em Bethânia?

    Homens, mulheres e casais que necessitam de proteção e apoio social devido ao quadro de uso nocivo e/ou dependência de substâncias psicoativas. E que tenham idade entre 18 e 59 anos.

     
  • Onde fica a comunidade Bethânia?

    A comunidade possui oito recantos em cinco estados do Brasil: Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Você pode procurar o mais próximo da sua casa.

    Clique aqui e veja qual recanto está mais próximo de você

     
  • Como ser acolhido?

    A primeira etapa é o pré-acolhimento. Esta acontece todas as quintas-feiras das 14h às 17h e não é necessário agendamento, pois atendemos de acordo com a ordem de chegada.

    Nesse dia a pessoa que deseja ser acolhida, juntamente com familiares e/ou responsáveis passarão por um atendimento individual com psicóloga ou assistente social. Será apresentada a proposta de acolhimento e restauração, e solicitados os documentos necessários.

     
  • Quais os documentos?

    Serão solicitados os documentos pessoais como RG, CPF, carteira profissional de trabalho, atestado de antecedentes.

    Também serão solicitados exames médicos como hemograma, glicose, VDRL (Sífilis), HBSAg (hepatite), BAAR – Cultura (tuberculose) e HIV (opcional).

    Será necessária uma avaliação dos exames, por profissional médico do serviço público ou particular, considerando apto a realizar atividades de rotina.

    Atestado médico de liberação para manipulação de alimentos. Avaliação diagnóstica emitida pela rede de saúde ou profissional habilitado solicitando necessidade de proteção e apoio social devido ao uso nocivo ou dependência de substâncias psicoativas.

     
  • Tem vaga de imediato?

    Não. Após passar pelo pré-acolhimento e enviar as fotos dos documentos para o WhatsApp da comunidade, o nome da pessoa que deseja ser acolhida será colocado em uma lista de espera.

     
  • Pessoas com filhos podem ser acolhidas?

    Acolhemos gestantes e mães com filhos de até um ano de idade.

     
  • O acolhimento é pago ou gratuito?

    Gratuito. Vivemos da providência, ou seja, da doação feita por benfeitores amigos de Bethânia.

    Se você deseja ajudar a Comunidade Bethânia por meio de doações clique aqui.

     
  • Quais serviços de saúde são oferecidos?

    A Comunidade Bethânia não oferece serviços assistenciais de saúde ou execução de procedimentos de natureza clínica.

    Em caso de intercorrências clínicas decorrentes ou associadas ao uso ou privação de substância psicoativa e agravos de saúde, a Comunidade realiza encaminhamentos e transporte à rede de saúde.
    Somente serão ministrados medicamentos com apresentação de receita médica.

     
  •