FECHAR
Popup
 
 
POPUP
AJUDE ESTA OBRA
Comunidade Bethânia sedia encontro diaconal

No sábado, 19, o Recanto São João Batista (SC) recebeu com a alegria a visita dos candidatos ao caminho do diaconato da Escola Diaconal São Francisco de Assis e da Arquidiocese de Florianópolis e com membros das dioceses de Tubarão, Joinville e Rio do Sul. Durante o encontro, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o carisma de Bethânia, a história da Comunidade e do Padre Léo. O grupo foi acompanhado pelo diácono Ideraldo, bth que também compartilhou suas experiências, como consagrado de Bethânia e sua atuação como diácono. 

Entre os participantes, haviam candidatos que conheceram Bethânia pela primeira vez, e, outros, que já acompanhavam a trajetória do Padre Léo e da Comunidade Bethânia, como é o caso de Silvano Rosa de Souza, morador da cidade de Imbituba (SC). “Foi a primeira vez que estive aqui, mas já conheço quase todas as pregações do Padre Léo. Ele tocava as pessoas com as palavras certas, aquelas que Jesus queria dizer às pessoas por meio dele. Vivi um momento muito emocionante quando ouvi os testemunhos dos acolhidos”, afirmou Silvano.

Assim como Silvano, Vanderlei Smaniotto, membro da diocese de Florianópolis também esteve no recanto pela primeira vez. “Já ouvi falar muito da Comunidade Bethânia, mas essa foi a primeira vez que tive a oportunidade de conhecer pessoalmente. O que eu percebi foi a forma como as pessoas são acolhidas, como o próprio Cristo nos pedia. Não tive a oportunidade de conhecer o Padre Léo, mas aqui senti a presença dele do Espírito Santo”, destacou.

Marcos Leal, representante do ordinariado militar do Brasil, da diocese Militar, conta que é a primeira vez que vem até a Comunidade e considerou um momento de muita graça. “Ao visitar Bethânia, sentimos a acolhida aos irmãos que tem a necessidade de se encontrar com Deus, de reconquistar seu espaço na sociedade enquanto filhos de Deus”, declarou. Já Antonio Dalponte, veio da cidade Presidente Getúlio (SC), da diocese de Rio do Sul. “É uma satisfação muito grande conhecer Bethânia. Foi a minha primeira vez e foi encantador. É uma experiência muito válida e todos deveriam vir visitar e também ajudar esta obra”, comentou. 

Para o candidato, Ruy Francisco Lisboa Raupp, além de um momento de formação, conhecer o recanto foi uma possibilidade de estar mais perto da história do Padre Léo. “Foi muito emocionante porque sou fã do Padre Léo. Eu conheci ele pela TV e pela Rádio Canção Nova e sempre o admirei muito. Estar aqui é sentir a sua presença. Para nós, enquanto candidatos ao diaconato, foi uma possibilidade de aprender mais sobre este trabalho social e quem sabe desenvolver uma obra em nossa diocese”, disse Raupp.

Além dele, João Francisco, acrescenta que foi uma experiência espetacular conhecer uma realidade ignorada pela sociedade e até mesmo desconhecida por muitas pessoas. “Estou aqui em Bethânia pela primeira vez, mas foi muito gratificante porque foi uma oportunidade de adquirir muitos conhecimentos, ter uma visão diferenciada de como tratar estas pessoas que tem um sofrimento em suas vidas”, concluiu.

 
 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas