FECHAR
Popup
 
 
POPUP
AJUDE ESTA OBRA

Dicas para superar o vício do álcool

Acolhimento | 17 de Agosto 2019

Está passando ou conhece alguém que tem vivido esta batalha contra o vício do álcool? Selecionamos algumas dicas para ajudar quem está decidido a vencer esse difícil, porém, totalmente possível desafio. Vem ver!

Dicas para superar o vício do álcool

O alcoolismo é a dependência de um indivíduo ao álcool, considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O uso constante, descontrolado e progressivo da bebida é capaz de comprometer seriamente o bom funcionamento do organismo, acarretando problemas até mesmo irreversíveis.

E, além dos prejuízos físicos, mais do que prejudicar a sua própria vida, a pessoa dependente do álcool acaba afetando a saúde psicológica das pessoas que vivem ao seu redor, como família e amigos. 

Está passando ou conhece alguém que tem vivido esta batalha contra o vício do álcool? A seguir, selecionamos algumas dicas para ajudar quem está decidido a vencer esse difícil, porém, totalmente possível desafio!

A decisão de pedir ajuda


Reconhecer que é hora de pedir ajuda não é fácil para um dependente de álcool. Mas, é preciso ter em mente que, quanto antes essa ajuda vier, maiores serão as chances de uma recuperação bem-sucedida. Não é vergonha nenhuma assumir que precisa de ajuda. Pelo contrário, só nos torna mais humanos e verdadeiramente dispostos a recomeçar.

O tratamento ideal para cada caso


A forma de tratamento depende muito do grau de dependência do indivíduo e, em alguns casos, dos recursos disponíveis para tal. Em geral, os tipos de tratamento incluem: desintoxicação, uso de medicamentos para tornar o álcool aversivo e diminuir a compulsão, aconselhamento psicológico para identificar situações e sentimentos que desencadeiam essa necessidade de beber, entre outros. Seja qual for o método, buscar ajuda profissional é fundamental.

Mudança de hábitos


Recaídas são comuns na jornada de recuperação do dependente em álcool, mas, nem por isso, elas precisam acontecer. Por esse motivo, é importante avaliar o que, na rotina antiga, fazia a pessoa recorrer à bebida alcoólica. Uma ótima opção para substituir aqueles hábitos nocivos à saúde é encontrar algum hobbie que o faça se sentir bem e feliz. Vale ser a prática de um esporte, uma aula de música ou dança, um curso de pintura etc. Fica à preferência de cada um!

Atenção para os relacionamentos


Quando falamos da superação de um vício, é de extrema importância ter familiares e amigos com os quais se possa telefonar, por exemplo, num sábado à noite e combinar um programa que não envolva bebida alcóolica. Buscar relacionamentos sociais com pessoas que não bebem ajuda muito a prevenir recaídas, mantendo a tentação bem longe da sua nova rotina. 



Conte com apoio psicológico


Em muitos casos, as pessoas tornaram-se dependentes do álcool por alguma frustração, estresse, conflito familiar ou ansiedade. O amparo psicológico faz toda a diferença nesse processo de recuperação, uma vez que pode identificar gatilhos emocionais responsáveis pelo vício em questão. É algo fundamental no início, durante e, da mesma forma, também depois do tratamento.  

Cada dia é uma vitória


A recuperação por si só, já é um processo bastante difícil e cheio de obstáculos. Enxergar cada dia como um degrau alcançado para o objetivo final, sem o peso de ontem e a ansiedade do amanhã que ainda está por vir, é uma maneira de tornar a caminhada mais leve e possível de ser realizada. O segredo é viver um dia de cada vez e celebrar cada pequena vitória!

Dicas anotadas? Esperamos que elas possam ajudar a tornar mais fácil a caminhada de quem está passando por isso no momento! Nós, da Comunidade Bethânia, estamos aqui para o que for preciso. O acolhimento faz parte da nossa missão com Deus e com o Padre Léo! Clique aqui e saiba mais sobre nosso trabalho!

 
 
Deixe seu comentário
Compartilhe