Padre Léo

Tarcísio Gonçalves Pereira – mais conhecido como padre Léo –, nasceu no dia 9 de outubro de 1961, em Delfim Moreira (MG).

Filho de Joaquim Mendes e Maria Nazaré. Veio de uma família simples e, ainda criança, manifestou o desejo de ser sacerdote. Entrou para a Renovação Carismática Católica (RCC) em 1973. Durante o processo formativo em sua vida tornou-se músico, cantor, compositor, apresentador, pregador e escritor. Aos 12 de outubro de 1995, fundou a Comunidade Bethânia, que, hoje, conta com 05 casas espalhadas pelo Brasil, cuja missão é restaurar jovens dependentes químicos, portadores de HIV e marginalizados em geral.

Essa missão começou quando padre Léo, atendendo jovens que, sendo usuários de drogas, o procuravam nas dependências do Colégio São Luiz na cidade de Brusque/SC, fizeram-no pensar numa forma de ajudá-los de uma forma direta e concreta. Do atendimento a esses jovens, ante o desejo de ajudá-los de forma mais completa e específica, nasceu o carisma de Bethânia. Irreverente e profundo em suas pregações, atraía milhares de pessoas em todos os encontros que promovia. Grande conhecedor da Palavra de Deus, com facilidade e maestria conduzia a quem o escutava a um íntimo e profundo encontro com Deus.

Escreveu vários livros pela Editora Canção Nova, bem como pela Editora Loyola. Seu livro, lançado no ‘Hosana Brasil 2006’ na Comunidade Canção Nova, intitula-se “Buscai as Coisas do Alto”, escrito durante o tratamento, período em que se submetia a sessões de radioterapia e quimioterapia, revela a profundidade de quem soube – mesmo na dor – experimentar o toque e o carinho de Deus. Sempre com bom humor e entusiasmo pela vida, Pe. Léo começou o tratamento contra o câncer em abril de 2006 e, mesmo debilitado, esteve presente no ‘Hosana Brasil 2006’ em dezembro, visivelmente abatido pelo longo tratamento, fez uma surpreendente pregação marcando profundamente a vida de todos os presentes.
Incansável evangelizador fez de sua vida uma missão em prol daqueles que Deus colocou em seu caminho. Seus inúmeros filhos e filhas, espalhados pelo Brasil e pelo mundo, puderam, através de seu testemunho e vida, aprender que vale a pena viver uma vida para Deus.

Padre Léo diz de si mesmo: 

“Sou um sujeito que desde criança quis ser padre; e muito pobre, tentei ir para o seminário, mas não fui aceito. Então fui trabalhar até conseguir ter roupas suficientes, fazer meu enxoval. Fui para o seminário com 21 anos. Tinha namorada, fui noivo, e descobri a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, que é o que eu tento viver: Quero ser um homem do Coração de Jesus. Vivo no meio de jovens drogados, prostituídos, aidéticos. Tento ser um deles e eles me ensinam muito.”

 
Bethânia

Recanto S.J. Batista

(48) 3265-4415

Recanto Lorena

(12) 3157-8317

Recanto Guarapuava

(42) 3622-7457

Recanto Curitiba

(41) 3286-9966

Recanto Italva

(22) 99866-0140

Recanto Irati

(42) 9954-7399

Recanto Uberlândia

(34) 9643-6886
 
2009 - Bethânia - Todos os direitos reservados